Passagens Aereas

Linhas aéreas inteligentes.

Posts Tagged ‘anac’

Uso de eletrônico será possível em todas as etapas dos voos

linhas aereasRecentemente a União Europeia permitiu o uso de aparelhos eletrônicos em todas as fases dos voos operados pelas companhias aéreas da região.

Aqui, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) já havia liberado o uso durante voos apenas no “modo avião” e quando as aeronaves atingissem altitude acima de 10 mil pés (um pouco mais do que três mil metros de altura).

Porém, dia trinta de outubro mudou um pouco essa história no Brasil. Tudo por que a ANAC publicou nota do Diário Oficial da União, instruções para que as companhias aéreas liberem o uso dos dispositivos móveis em todas as etapas dos voos. Incluindo pouso e decolagem.

A partir da adequação das companhias será possível, por exemplo, utilizar telefone celular ainda na fase de taxiamento dos voos, proibido hoje no Brasil.

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), a decisão é acertada, pois, empresas que operam seus voos no país já possuem tecnologia suficiente para garantir o uso de celulares sem prejudicar a segurança de todos.

Contexto internacional

Segundo o comandante Paulo Alonso, consultor técnico da ABEAR, a liberação de dispositivos móveis em todas as etapas dos voos é uma medida que vem de encontro com tendências internacionais. Quando estrangeiros adentrarem espaço aéreo brasileiro não sentirão a diferença de padrões – explica o piloto.

Paulo Alonso ainda explica que, no Brasil, os voos são operados através de frota relativamente nova e segura. Desta forma, a proibição era apenas por precaução. Quando ocorre o pouso, por exemplo, celulares podem emitir ondas eletromagnéticas que podem prejudicar a comunicação entre aeronave e torre de controle. Porém, com a crescente tecnologia aplicada nestes aparelhos é cada vez difícil que isso ocorra.

Liberação gradual

Apesar de ter anunciado a liberação a ANAC avisa que irá conceder a liberação de forma gradual.

Cada companhia aérea terá que comprovar que está apta para a liberação de uso de celulares em todas as etapas dos voos.

Não existe assim, o comprometimento da segurança dos voos, o avião seguirá sendo o meio de transporte mais seguro do mundo, só perdendo para o elevador.

Até o momento, Gol Linhas Aéreas, TAM e Azul Linhas Aéreas Brasileiras informaram que estão em tratativas junto à ANAC para a liberação.

Entenda como será

Mesmo com a liberação de dispositivos móveis em todas as etapas dos voos, será preciso seguir algumas normas. São elas:

linhas aereas

TAM Linhas Aéreas consegue controle acionário sobre outra companhia

TAM Linhas AéreasA empresa de linhas aéreas TAM, recebeu na última sexta-feira, dia 12 de Julho, a autorização da Anac, Agência Nacional de Aviação Civil, para ter o controle acionário da ABSA Aerolinhas Brasileiras. Com sede no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), a ABSA realiza voos para o transporte aéreo de cargas, operando desde 1995.

Desta maneira, a TAM Linhas Aéreas passa a ser responsável por mais quatro aviões com capacidade máxima para transportar 57 toneladas em cada viagem. A empresa de linhas aéreas também inclui 380 funcionários da cargueira ao seu quadro.

A TAM é a maior companhia de linhas aéreas do Brasil, assim como de toda a América Latina. Atualmente a empresa é uma das 20 maiores do mundo e líder no Hemisfério Sul em número de passageiros transportados. Sua sede está localizada em São Paulo, cidade na qual estão dois dos seus principais centros de operações (ou hub), Aeroporto de Congonhas e Aeroporto Internacional de Guarulhos. Além destes, o Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek e o Aeroporto Internacional do Galeão também servem como principais centros de distribuição de voos da companhia de linhas aéreas. A TAM tornou-se membro da maior aliança aérea mundial, a Star Alliance, consolidando a estratégia de crescimento para ser uma das maiores companhias de linhas aéreas do mundo. Porém, após fusão com a LAN Airlines, terá de sair da aliança, conforme condição imposta pela autoridade financeira chilena que determinou que nenhuma companhia de linhas aéreas do grupo LATAM poderia fazer parte do mesmo grupo que a Avianca/Taca.

A empresa conta com uma frota composta por 160 aeronaves Airbus (A319, A320, A321, A330) e Boeing (B767 e B777) operam na malha aérea da TAM que conta com voos para países na América do Norte, América do Sul e Europa, a TAM conta com 19 destinos internacionais e 42 destinos em todos os Estados do Brasil. A TAM S.A. ainda possui mais duas companhias de linhas aéreas, a subsidiária paraguaia TAM Airlines e a regional Pantanal Linhas Aéreas. Além dessas duas, outras empresas pertencem ao grupo: TAM Aviação Executiva, TAM Cargo, Centro Tecnológico TAM (TAM MRO), Condomínio Industrial TAM, TAM Viagens e a Multiplus Fidelidade.

tam.edestinos.com.br

TAM Linhas Aéreas

Preços de voos no Brasil são os mais baixos de todos os tempos

As passagens aéreas baratas são cada vez mais uma realidade. Considerado no passado recente como um luxo para poucos, os voos se popularizaram e atualmente os brasileiros estão pagando pouco menos da metade do valor que pagavam há dez anos para cruzar o Brasil mais rápido. Segundo levantamento divulgado dia 17 pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), no terceiro trimestre de 2012, o valor médio de passagens aéreas domésticas foi R$ 267,31.

Webjet

No mesmo período de 2002, era cobrado R$ 542,64. Se a comparação for feita entre 2012 e 2011, no período de janeiro a setembro, a tarifa aérea média doméstica foi R$ 273,32, valor 0,15% menor. 68,89% dos assentos comercializados de janeiro a setembro do ano passado foram vendidos com valores inferiores a R$ 300,00.

Tarifas inferiores a R$ 100,00 representaram 15,63% em igual período. Os valores mais atrativos são atribuídos à liberdade tarifária e à oferta das empresas. Segundo a superintendente de regulação econômica e acompanhamento de mercado da Anac – Danielle Crema - “… as empresas têm buscado cada vez mais diversificar suas tarifas e assim capturar o perfil e a preferência dos passageiros de seus voos, o que tem contribuído para promover a inclusão social do transporte aéreo.”.

Danielle explica que 30,45% das passagens aéreas eram comercializadas com tarifas inferiores a R$ 300,00. Na atualidade, esse valor abarca cerca de 70% das passagens aéreas comercializadas. A procura por voos aumentou tanto que nem o fato do aumento da oferta de assentos, conseguiu alcançar a demanda de passageiros transportados, que quase triplicou, com média de crescimento de 12,8 %, ao ano. A Anac não quis comentar se a recente concentração do mercado das companhias aéreas. Com a compra e depois extinção da Webjet pela Gol, em novembro passado, é possível que haja uma redução da concorrência entre as empresas e, consequentemente, encarecimento das passagens aéreas, prejudicando os consumidores. Em São Paulo, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas garantiu que as linhas aéreas vão manter passagens aéreas baratas, em 2013.