Passagens Aereas

Linhas aéreas inteligentes.

Uso de eletrônico será possível em todas as etapas dos voos

linhas aereasRecentemente a União Europeia permitiu o uso de aparelhos eletrônicos em todas as fases dos voos operados pelas companhias aéreas da região.

Aqui, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) já havia liberado o uso durante voos apenas no “modo avião” e quando as aeronaves atingissem altitude acima de 10 mil pés (um pouco mais do que três mil metros de altura).

Porém, dia trinta de outubro mudou um pouco essa história no Brasil. Tudo por que a ANAC publicou nota do Diário Oficial da União, instruções para que as companhias aéreas liberem o uso dos dispositivos móveis em todas as etapas dos voos. Incluindo pouso e decolagem.

A partir da adequação das companhias será possível, por exemplo, utilizar telefone celular ainda na fase de taxiamento dos voos, proibido hoje no Brasil.

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), a decisão é acertada, pois, empresas que operam seus voos no país já possuem tecnologia suficiente para garantir o uso de celulares sem prejudicar a segurança de todos.

Contexto internacional

Segundo o comandante Paulo Alonso, consultor técnico da ABEAR, a liberação de dispositivos móveis em todas as etapas dos voos é uma medida que vem de encontro com tendências internacionais. Quando estrangeiros adentrarem espaço aéreo brasileiro não sentirão a diferença de padrões – explica o piloto.

Paulo Alonso ainda explica que, no Brasil, os voos são operados através de frota relativamente nova e segura. Desta forma, a proibição era apenas por precaução. Quando ocorre o pouso, por exemplo, celulares podem emitir ondas eletromagnéticas que podem prejudicar a comunicação entre aeronave e torre de controle. Porém, com a crescente tecnologia aplicada nestes aparelhos é cada vez difícil que isso ocorra.

Liberação gradual

Apesar de ter anunciado a liberação a ANAC avisa que irá conceder a liberação de forma gradual.

Cada companhia aérea terá que comprovar que está apta para a liberação de uso de celulares em todas as etapas dos voos.

Não existe assim, o comprometimento da segurança dos voos, o avião seguirá sendo o meio de transporte mais seguro do mundo, só perdendo para o elevador.

Até o momento, Gol Linhas Aéreas, TAM e Azul Linhas Aéreas Brasileiras informaram que estão em tratativas junto à ANAC para a liberação.

Entenda como será

Mesmo com a liberação de dispositivos móveis em todas as etapas dos voos, será preciso seguir algumas normas. São elas:

linhas aereas

Menos conforto, menos preço: Delta relança tarifas super básicas

Delta Air LineEnquanto algumas companhias se esforçam para fazer de seus voos experiências ultra sensoriais, outras querem aliviar o bolso de seus clientes.

Para clientes mais econômicos, que não se importam de flexibilizar datas de voos e estão apenas interessados no preço mais baixo possível é que a Delta Air Lines relança as passagens aéreas “Basic Economy”.

A iniciativa de relançar voos com tarifas super baixas veio da necessidade da empresa apresentar uma alternativa aos preços praticados pela concorrente Spirit Airlines, que ultimamente apresenta tarifas muito pequenas.

Os voos mais baratos da Delta Air Line são chamados de “e – class” e neles, não será possível obter upgrade de assentos assim como trocar datas. Os horários desses voos também não poderão ser escolhidos. De acordo com a empresa, eles sempre serão os últimos em embarcação.

A ideia de oferecer voos mais baratos surgiu após a Delta entender que a Spirit é uma empresa em franca expansão. Bob Mann, consultor de companhias aéreas explica que hoje a empresa possui 55 aeronaves, mas quem em três anos poderá chegará a cem.

Por considerar uma expansão muito grande, seja em número de aeronaves ou número de voos operados a Delta precisou agir.

Voos da categoria “e – class” foram apresentados pela primeira vez em março de 2012, mas só agora vêm ganhando destaque por parte da companhia e clientes.

O fato de a Delta ter oferecido apenas voos para mercados centrais como: Atlanta, Detroit, Salt Lake City e Minneapolis – St Paul pode ter contribuído para a baixa procura.

Preço baixo sempre

O porta – voz da Delta Air Lines – Paul Skrbec salienta que os clientes da companhia são muito receptivos aos voos com preços baixos.

Skrbec explica que a empresa só passou a divulgar mais os voos econômicos depois uma ampla pesquisa de mercado. Nela, foi possível perceber que grande parte dos consumidores não estão preocupados com conforto e serviços de bordo requintados.

Ele afirmou também que não tem certeza por quanto tempo os voos mais econômicos estavam às sombras.

Delta Air Line Passagens aéreas “e – class” possuem menos diretos do que qualquer outro produto da companhia e, por isso a Delta não quis fazer muita divulgação.

Por ser os Estados Unidos o país mais procurado pelos brasileiros essa notícia chega à boa hora. A partir dela é possível programar as férias que se aproximam. Para isso consulte seu agente de viagens.

Aeroportos nacionais registram movimento tranquilo e poucos atrasos no feriado de Ano Novo

A Infraero liberou durante a primeira semana de janeiro os números e conclusões acerca do movimento dos aeroportos brasileiros durante o feriado de Ano Novo.

Segundo a entidade, todos os aeroportos administrados por ela, até a tarde de 30/12, registraram pontualidade nos voos agendados. Dos 1402 voos domésticos e 1267 voos internacionais programados 90% deles saíram no horário previsto.

A pontualidade também foi observada nos aeroportos concedidos, são eles: Brasília (DF), Confins (MG) e Galeão (RJ). Embora as informações oficiais destes terminais ainda não foram repassadas a Infraero.

Segundo a entidade, os aeroportos nacionais foram submetidos a um plano de ação que visa atender a maior demanda do período de festas. Esta ação está prevista para acontecer até o dia dez de janeiro. Ela teve início durante o dia 15 de dezembro.

Mesmo não estando com dados concluídos, a Infraero espera que o movimento nos aeroportos nacionais seja de 8,5% maior em relação ao mesmo período do ano passado. Totalizando assim, cerca de 8,5 milhões de passageiros.

Os aeroportos de Guarulhos (SP), Galeão (RJ), Viracopos (SP), Brasília (DF) e Confins (MG) não estão neste cálculo.

Todas as atividades operacionais dos aeroportos nacionais foram reforçadas, desde o atendimento ao público até os serviços de limpeza e manutenção dos terminais.

Nos principais aeroportos nacionais administrados pela Infraero, o efetivo chegou a ficar 17% maior do que o normal. Aeroportos tradicionalmente movimentados como os de Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Recife (PE), Santos Dumont (RJ), Congonhas (SP) e Salvador (BA) ganharam reforço nos “amarelinhos”: funcionários identificados que estão treinados para responder informações aos passageiros.

Qualificação dos funcionários

Para garantir que o efetivo extra dos aeroportos realize um bom trabalho, a Infraero efetuou uma série de cursos de qualificação aos seus funcionários. Temas como acessibilidade, línguas estrangeiras e de sinais (Libras) foram alguns dos temas abordados ao longo de 2014.

Além disso, aeroportos administrados pela Infraero contam com um sistema conhecido como “Infraero Atende”. Através dele é possível saber horário de voos, lanchonetes, lojas, serviços em geral de outros aeroportos nacionais. Ou seja, o passageiro pode saber informações do seu terminal de destino antes mesmo de embarcar.

Alta do dólar e medo de Ebola afetam negócios da GOL

GOL Linhas Aéreas Ebola

A alta do dólar não caiu bem para os negócios da GOL Linhas Aéreas. Quando a moeda norte-americana atingiu sua nota máxima durante o início do mês de outubro as ações da companhia despencavam mais de 4%.

Além da alta do dólar em relação ao real as notas da companhia também caíram devido à constatação do primeiro caso confirmado de ebola nos Estados Unidos.

Executivos da GOL Linhas Aéreas confirmaram que com o caso diagnosticado as ações da empresa chegaram a cair até 5,6%.

Outras empresas responsáveis por linhas aéreas nos Estados Unidos também apresentaram queda em suas ações quando houve a confirmação da doença. É o caso da Delta Air Lines ( – 3,26%), Southwest Airlines ( – 2,99%) e American Airlines ( – 3,18%). O grupo LATAN também apresentou uma baixa de 1,39%.

A GOL Linhas Aéreas foi a empresa que mais sentiu com alta da moeda norte-americana, pois possui muitos custos importantes em dólar, como combustível, por exemplo.

O caso de ebola é identificado negativamente pela companhia, pois entidades de saúde dos Estados Unidos avaliaram que o surto da doença pode se espalhar pelo resto do mundo.

Como o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos anunciou o caso confirmado, mas não deu maiores detalhes houve um alvoroço entre as companhias aéreas.

Apesar do medo constante com a doença, especialistas afirmam que o impacto que o ebola causa nas ações da GOL é limitado. Como a empresa possui poucos voos com destino internacional a tendência é que este momento complicado seja temporário.

O principal destino dos voos internacionais é justamente para os Estados Unidos. Existem voos saídos de São Paulo (Aeroporto de Guarulhos) com destino a Miami e Orlando. Além disso, a GOL possui acordos de compartilhamentos de voos com a companhia americana Delta Air Lines.

GOL Linhas Aéreas EbolaAntes da alta do dólar e os casos de ebola, a GOL estava marcando alta na demanda pelos seus voos com destino aos Estados Unidos. A empresa estava marcando um aumento de 52%.

Os Estados Unidos configuram – se como o destino mais procurado pelos brasileiros. Segundo a Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC), 4,3 milhões de passageiros voam para o país anualmente.

Aeroporto de Guarulhos inicia testes de inspeção eletrônica

Desde o 25 outubro o Aeroporto Internacional de Guarulhos passa a realizar testes com portões eletrônicos de controle de passaportes brasileiros. Os testes estão sendo feitos em pontos específicos para voos domésticos e internacionais.

Aeroporto de Guarulhos

De acordo com a administração do aeroporto, o serviço passará a ser efetivo a partir do dia 02 de janeiro de 2015.

Chamados de e-gates, o aeroporto já havia anunciado a sua utilização a partir deste ano. Tais equipamentos serão capazes de reduzir as filas de passageiros para voos internacionais. Atualmente existe certa insatisfação com o número de pessoas que se formam nos centros de inspeção da Polícia Federal dentro do Aeroporto.

Hoje o tempo médio de espera para inspeção é de três minutos, com os e-gates a concessionária do aeroporto estipula que o tempo médio cairá para apenas trinta segundos.

Ao todo o Aeroporto de Guarulhos contará com dezesseis equipamentos. O total investido nesta melhoria foi de US$ 8milhões, pagos pela GRU Airport. Depois de implantados será possível que o passageiro passe por todos os procedimentos de segurança sozinho.

Até o momento, quem dá entrada no aeroporto vindo de um voo internacional precisa esperar sua vez para que um agente da Polícia Federal faça a conferência de forma manual.

Presente na cerimônia de inauguração da nova delegacia do Aeroporto Internacional de Guarulhos, o Ministro da Justiça José Eduardo Cardoso avaliou que este modelo pode ser instaurado em qualquer aeroporto do país.

Vale lembrar que o serviço não está disponível para todos os usuários do aeroporto. Para ter acesso ao novo sistema é necessário já possuir o passaporte com chip, ser maior de 18 anos e possuir nacionalidade brasileira.

Menores de idade precisam de autorização dos responsáveis para poder embarcar em voos de qualquer aeroporto pelo mundo.

Procedimento simples

Para fazer uso do novo sistema o passageiro necessita se aproximar do e-gate escolhido, passar o passaporte pela leitora e esperar que seja feita a conferência. Dados biométricos, biográficos e do chip serão cruzados através do Banco de Dados da Polícia Federal. Caso esteja tudo correto com os dados do passageiro os portões se abrem.

Além destes procedimentos também é feita uma foto do rosto de todos os passageiros a fim de haver um reconhecimento facial.

Passaportes brasileiros possuem prazo de validade de cinco anos. Logo, até 2015 todos os documentos expedidos no Brasil estarão com o chip.

A concessionária do aeroporto explica também que procedimentos de imigração para estrangeiros permanecem iguais.

Aeroporto de Guarulhos

VisitBritain lança promoção com descontos em viagens para a Grã-Bretanha

VisitBritainCom esse convite, o VisitBritain, órgão de turismo do governo britânico, lança no Brasil a sua campanha global de marketing para incentivar os brasileiros a escolherem a Grã-Bretanha como destino de suas férias. E para estimular ainda mais os viajantes adquirirem as passagens aéreas para conhecerem a Inglaterra, Escócia e o País de Gales, o VisitBritain associou-se aos parceiros British Airways e Radisson Edwardian com o objetivo de garantir voos e hotéis a preços promocionais.

No trecho aéreo, a British Airways linhas aéreas oferece uma promoção especial para a compra de passagens para Londres adquiridas entre 14 de novembro e 30 de dezembro de 2013 e utilizadas em fevereiro e março de 2014. O valor do bilhete em classe econômica é de US$ 899,00, mais taxas aeroportuárias, com saída de São Paulo ou do Rio de Janeiro. Para hospedagem, a cadeia britânica de hotelaria Radisson Edwardian, que conta com 14 propriedades de 4 e 5 estrelas localizadas em Londres, Manchester e Guildford, oferece tarifas com até 20% de desconto (para reservas com mínimo de dez dias de antecedência) e redução de até 25% no custo das refeições nos restaurantes dos hotéis do grupo (exceto bebidas). A promoção é válida para estadias de 18 de dezembro de 2014 a 4 de março de 2015.

Air France anuncia novos investimentos

Air FranceAs linhas aéreas Air France apresentou esta manhã, durante entrevista coletiva a quase cem jornalistas do mundo todo, na feira International French Travel Market (IFTM), detalhes do “Best & Beyond”, projeto por meio do qual investirá 500 milhões de euros no aprimoramento de suas classes de assentos. A primeira fase do projeto é focada na econômica e na econômica Premium – a partir de junho do ano que vem e até julho de 2016, 44 Boeing 777 da companhia que operam voos de longo curso, incluindo as de São Paulo e Rio de Janeiro, receberão uma série de modificações.

Na econômica, o monitor touch screen individual de 22,9 centímetros, entrada USB para recarga de celulares, assentos com 2,5 centímetros a mais de distância, descanso de cabeça e estofado mais confortáveis e tomada para a recarga de dispositivos móveis. Na econômica premium, as melhorias incluem espaço entre poltronas 40% superior, monitor de 30,5 centímetros, opção de segundo prato quente nas refeições. No total serão modificados dez mil assentos de classe econômica e 1,1 mil de econômica premium.

Air FranceNo entretenimento de ambas serão oferecidas mil horas de programação, com destaque para a opção de 300 filmes. No ano que vem, durante a segunda fase do projeto, serão aprimoradas a business e a primeira classe da aérea, a La Première. “A maior parte das companhias prioriza primeiro o investimento nas categorias mais elevadas. Nós estamos começando pelas econômicas”, destacou Bruno Matheu, responsável pela área de Long-Haul Passenger Activity da linhas aéreas Air France. “Nossa econômica está cada vez mais próxima da business”, completou, acrescentando ainda que os passageiros dos voos da econômica premium poderão desfrutar de champagne a bordo.

O vice-presidente comercial, de Vendas e Marketing da Air France-KLM, Patrick Alexandre, disse que o objetivo é garantir a melhor experiência de viagens possível em classes econômicas: “Mas não queremos apenas satisfazer os anseios dos nossos passageiros, queremos também antecipar tendências, pois somos uma empresa que se move de maneira direta ao futuro”.

TAM Linhas Aéreas consegue controle acionário sobre outra companhia

TAM Linhas AéreasA empresa de linhas aéreas TAM, recebeu na última sexta-feira, dia 12 de Julho, a autorização da Anac, Agência Nacional de Aviação Civil, para ter o controle acionário da ABSA Aerolinhas Brasileiras. Com sede no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), a ABSA realiza voos para o transporte aéreo de cargas, operando desde 1995.

Desta maneira, a TAM Linhas Aéreas passa a ser responsável por mais quatro aviões com capacidade máxima para transportar 57 toneladas em cada viagem. A empresa de linhas aéreas também inclui 380 funcionários da cargueira ao seu quadro.

A TAM é a maior companhia de linhas aéreas do Brasil, assim como de toda a América Latina. Atualmente a empresa é uma das 20 maiores do mundo e líder no Hemisfério Sul em número de passageiros transportados. Sua sede está localizada em São Paulo, cidade na qual estão dois dos seus principais centros de operações (ou hub), Aeroporto de Congonhas e Aeroporto Internacional de Guarulhos. Além destes, o Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek e o Aeroporto Internacional do Galeão também servem como principais centros de distribuição de voos da companhia de linhas aéreas. A TAM tornou-se membro da maior aliança aérea mundial, a Star Alliance, consolidando a estratégia de crescimento para ser uma das maiores companhias de linhas aéreas do mundo. Porém, após fusão com a LAN Airlines, terá de sair da aliança, conforme condição imposta pela autoridade financeira chilena que determinou que nenhuma companhia de linhas aéreas do grupo LATAM poderia fazer parte do mesmo grupo que a Avianca/Taca.

A empresa conta com uma frota composta por 160 aeronaves Airbus (A319, A320, A321, A330) e Boeing (B767 e B777) operam na malha aérea da TAM que conta com voos para países na América do Norte, América do Sul e Europa, a TAM conta com 19 destinos internacionais e 42 destinos em todos os Estados do Brasil. A TAM S.A. ainda possui mais duas companhias de linhas aéreas, a subsidiária paraguaia TAM Airlines e a regional Pantanal Linhas Aéreas. Além dessas duas, outras empresas pertencem ao grupo: TAM Aviação Executiva, TAM Cargo, Centro Tecnológico TAM (TAM MRO), Condomínio Industrial TAM, TAM Viagens e a Multiplus Fidelidade.

tam.edestinos.com.br

TAM Linhas Aéreas

TAP Linhas Aéreas apresenta resultados melhores do que no ano anterior

A empresa de linhas aéreas portuguesa TAP publicou um comunicado, divulgado pelo regulador do mercado, sobre o desempenho do Grupo durante os seis primeiros meses deste ano de 2013 que, quando comparado ao do mesmo período do ano anterior, é ligeiramente superior.

TAP Linhas Aéreas

A companhia de linhas aéreas obteve um lucro de 36,3 milhões de euros, uma evolução que resulta principalmente do aumento dos rendimentos e ganhos operacionais obtidos no negócio do transporte aéreo.

O comunicado também comenta sobre a situação financeira da TAP Linhas Aéreas, ao que diz não ter sido possível concretizar as medidas de recapitalização previstas no quadro da reprivatização da sociedade. Os desequilíbrios anteriormente identificados continuam a ser registrados, com a progressiva diminuição dos capitais próprios, que atingem já um montante negativo de cerca de 530 milhões de euros. O passivo financeiro da companhia de linhas aéreas estabilizou-se, com as dívidas chegando a 1.305 milhões de euros. Observa-se que o empréstimo de curto prazo no montante 100 milhões de euros concedidos pela acionista Parpública se encontrava integralmente amortizado no final do semestre pelo Grupo TAP.

O resultado líquido da empresa de linhas aéreas foi de 111 milhões de euros no primeiro semestre, uma ligeira melhoria face às perdas de 112 milhões do período homólogo, mantendo a expectativa de obter lucros no final do ano. A venda de passagens aéreas registrou um aumento de 41 milhões de euros no mesmo período, para um total de 974 milhões de euros, o que representa um crescimento de 4,4% face a 2012, anunciou a transportadora em comunicado.

A TAP linhas aéreas concluiu ao final do comunicado: “a melhoria das receitas compensou um agravamento de 13 milhões nas variações cambiais bem como os valores correspondentes ao pagamento aos trabalhadores de subsídios não pagos em 2012 devido às mudanças que, nesta matéria, se verificaram na Lei do Orçamento do Estado de 2013“.

TAP Linhas Aéreas

TAM terá novos voos entre Uberlândia e Brasília

TAM terá novos voos entre Uberlândia e Brasília

A TAM é a maior companhia de linhas aéreas do Brasil, assim como de toda a América Latina. Atualmente a empresa é uma das 20 maiores do mundo e líder no Hemisfério Sul em número de passageiros transportados. Sua sede está localizada em São Paulo, cidade na qual estão dois dos seus principais centros de operações (ou hub), Aeroporto de Congonhas e Aeroporto Internacional de Guarulhos. A TAM tornou-se membro da maior aliança aérea mundial, a Star Alliance, consolidando a estratégia de crescimento para ser uma das maiores companhias de linhas aéreas do mundo. Porém, após fusão com a LAN Airlines, terá de sair da aliança, conforme condição imposta pela autoridade financeira chilena que determinou que nenhuma companhia de linhas aéreas do grupo LATAM poderia fazer parte do mesmo grupo que a Avianca/Taca. A empresa conta com uma frota composta por 160 aeronaves Airbus e Boeing operam na malha aérea da TAM que conta com voos para países na América do Norte, América do Sul e Europa, a TAM conta com 19 destinos internacionais e 42 destinos em todos os Estados do Brasil. A TAM S.A. ainda possui mais duas companhias de linhas aéreas, a subsidiária paraguaia TAM Airlines e a regional Pantanal Linhas Aéreas. A TAM Linhas Aéreas anuncia o início de voos diretos entre as cidades de Uberlândia (MG) e Brasília (DF). A partir do dia 1º de outubro, a companhia passa a oferecer voos sem escalas que vai beneficiar os clientes da região do Triangulo Mineiro com mais opções de conexões para as principais cidades do Norte, Centro Oeste e Nordeste brasileiro, como, por exemplo, Belém, Manaus, Cuiabá, Goiânia, Salvador e Recife. Os novos voos serão realizados com aeronaves modelo Airbus A-320, com capacidade para 174 lugares. De segunda a sábado, os voos JJ 3227 terão sua previsão de decolagem em Uberlândia, às 7h e chegada a Brasília às 8h02. As passagens aéreas já estão disponíveis para compra no site da TAM.